Em dez anos, Nobile passa de aposta a Top 3 da hotelaria nacional.

Em: 26/11/2018

Mario Albuquerque, diretor de Desenvolvimento da Nobile

Uma década. Esse foi o tempo que levou o Grupo Nobile de apenas uma aposta para o patamar de um dos principais players do mercado hoteleiro no Brasil. A rede ocupa a terceira posição no ranking das administradoras hoteleiras, com 54 hotéis e quase 12 mil quartos, atrás apenas de Accor (216 hotéis) e Atlantica (99), cenário que faz da Nobile a primeira entre as empresas com capital 100% nacional, de acordo com dados do Fohb.

Além do número de hotéis, a saúde financeira também ilustra o crescimento muito bem estruturado da companhia, que fechou 2017 com um faturamento de R$ 264 milhões. Para este ano a Nobile deve chegar a marca de R$ 320 milhões, o que representará um crescimento de 21%.

E se dez anos já foram suficientes para colocar a hoteleira entre as três principais do mercado, a Nobile já aspira chegar à segunda colocação nos próximos cinco anos, ultrapassando os 100 hotéis administrados. “Nosso plano é dobrar o número de hotéis nos próximos cinco anos, o que nos colocaria na segunda posição no mercado. O nosso segredo é este crescimento sólido e planejado e isso pode fazer com que alcancemos este número antes deste período. É nossa grande busca”, destaca Mario Albuquerque, diretor de desenvolvimento da Nobile.

Nobile  Suites está entre as Top Brands do setor: na foto o Nobile Suites Maringá (PR)

Presente em mais de 30 cidades e com um portfólio que reúne hotéis, apart hotéis, condo-hotéis e long stays, além de marcas como Wyndham, Tryp, San Diego Hoteis e Red Roof. As bandeiras próprias também são um destaque da rede, como Nobile express, Nobile Inn, Nobile Resort, Gran Nobile e Nobile Suítes, está última incluída no Top 10 brands do mercado brasileiro pelo relatório “Hotelaria em Números”. Ao todo são 14 marcas hoteleiras nacionais próprias e internacionais, com 17 hotéis com aberturas previstas para os próximos 18 meses.

Expansão internacional

Para os próximos anos a expectativa é de um investimento maior na expansão internacional, baseada no sucesso do Gran Nobile Ciudad del Este, no Paraguai, que vem registrando uma média de 90% de ocupação. O próximo passo da rede deve ser um hotel na capital paraguaia, Assunção, que já está em planejamento. A expansão ainda inclui outros países da América do Sul, como Chile, Argentina e Uruguai. A meta é inserir no portfólio do grupo mais oito empreendimentos até o final de 2019 nesses destinos.

E esta internacionalização não passa somente pela administração de hotéis fora do país, como também pela busca de público estrangeiro para os empreendimentos brasileiros. Parte desta estratégia está na participação em feiras internacionais, como foi o caso da WTM em Londres.

“Acreditamos muito no mercado internacional e por isso estamos presentes nas feiras. Nós temos muitos destinos atrativos a este público como Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu, e dez hotéis em São Paulo, para o público de negócios. Vale a pena pensamos em todas as outras feiras internacionais. Precisamos ter mais visibilidade no exterior e este é o momento”, ressaltou Albuquerque durante participação WTM.

Inaugurações:

A Nobile conta com um portfólio de destaque entre as aberturas recentes, incluindo Curitiba (Grand Hotel Rayon), Maringá (Nobile Suítes Maringá), Manaus (Nobile Suítes Manaus Airport), Guarujá (Nobile Hotel Guarujá), Jundiaí (Red Roof Inn Jundiaí), Olímpia (Nobile Resort Thermas de Olímpia), Rio de Janeiro (Best Western Plus Copacabana Design Hotel e Best Western Premier Arpoador Fashion Hotel By Gloria Coelho) e Linhares, no espírito Santo, (Best Western Linhares Design Hotel).

Matéria de Mercado & Eventos
Por Igor Regis em 26/11/2018
Veja a matéria na íntegra clicando aqui.

Faça sua reserva agora! Clique Aqui